Do Rio para o mundo, uma plataforma de opiniões, sempre em busca

Dizendo sem dizer: o perigo da palavra paz em favela carioca

Tendo presenciado debates sobre a segurança pública em periferias do Rio de Janeiro, fui convidada a assistir, na semana passada, reunião convocada por moradores de uma favela carioca onde se desenrola guerra de facções (apesar de a favela em questão contar com Unidade de Polícia Pacificadora instalada). Há um ano sob incessante troca de tiros, os moradores buscavam discutir alternativas para interromper a guerra ou, ao menos, mitigar os prejuízos da disputa de território para os trabalhadores que nada tinham a ver com ela.

Sentados em volta de uma mesa de madeira, dois ou três comentários, café servido, e veio à baila a primeira sugestão: um Ato pela Paz, como o realizado na Maré e no Morro do Alemão.

Parecia, de início, uma boa alternativa. Mas não era. Não para aquela favela.

Foi-se percebendo, durante a reflexão conjunta: em guerra de facções, a paz só vem quando uma das duas rivais vence. O ato, portanto, poderia ser interpretado (equivocadamente) como demonstração de solidariedade a qualquer das duas facções. Levando em conta que “Paz, Justiça e Liberdade” é lema do Comando Vermelho (uma das duas facções que protagoniza a disputa de território), havia risco de o pedido pela paz representar, para alguns dos presentes, a morte.

Mais que isso, nenhum dos moradores desejava, como consequência do pedido pela paz, a visita do “Caveirão”. Sendo a troca de tiros decorrente de guerra de facções, possivelmente o Estado responderia ao ato com o envio de força militar, outro cenário no qual a palavra “paz” poderia representar, para trabalhadores, a morte: os assassinatos decorrentes da truculência policial.

​Vetou-se a palavra paz. Ela era muito perigosa.

​Feitas as ponderações, e diante da convicção de que uma atitude precisava ser tomada, iniciou-se o debate a respeito das formas de pedir a paz sem invocá-la diretamente. Ao final, os moradores elaboraram uma pauta de eventos (dos quais não posso fornecer maiores detalhes) nos quais a violência seria abordada em segundo plano, mas de forma precisa – a estratégia do “dizendo sem dizer”.

Não foi cogitado pelos moradores, em momento algum, se renderem à apatia – a denúncia seria feita, nas entrelinhas, a quem estivesse disposto a ouvir. Lembrei-me de Brecht e seus ensinamentos: em meio a restrições, as verdades devem ser ditas com “astúcia suficiente para que a operação não seja descoberta e impedida pelo inimigo”. Vivemos tempos de resistência criativa.

Subscribe
Juliana Ludmer
Alice Bento
Alice Bento
Ana Clara Abreu
Ana Clara Abreu
Ana Elisa Bekenn
Ana Elisa Bekenn
André Fran
André Fran
André Pereira
André Pereira
Ane Vaz
Ane Vaz
Antonio Autuori
Antonio Autuori
Arturo Edo
Arturo Edo
Beatriz Medeiros
Beatriz Medeiros
Betina Monte-Mór
Betina Monte-Mór
Betina Sanches
Betina Sanches
Brenno Quadros
Brenno Quadros
Bruna Lima
Bruna Lima
Carlos Machado
Carlos Machado
Christian Dechery
Christian Dechery
Clarice Rios
Clarice Rios
Clariza Rosa
Clariza Rosa
Cláudio Franco
Cláudio Franco
Constanza de Córdova
Constanza de Córdova
Dadi Carvalho
Dadi Carvalho
Denise Calasans Gama
Denise Calasans Gama
Diego Sousa
Diego Sousa
Eduarda Vieira
Eduarda Vieira
Emerson Cursino
Emerson Cursino
Érika Nunes
Érika Nunes
Ernesto di Gois
Ernesto di Gois
Evans Queiroz
Evans Queiroz
Fabiana Pinto
Fabiana Pinto
Fabrício Andrade
Fabrício Andrade
Fê Carvalho Leite
Fê Carvalho Leite
Fernanda Cintra
Fernanda Cintra
Fernanda Sigilão
Fernanda Sigilão
Fernando Ferreira
Fernando Ferreira
Gabi Monteiro
Gabi Monteiro
Gabriel Vasconcellos
Gabriel Vasconcellos
Gabriela Munhoz
Gabriela Munhoz
Gabriela Bispo
Gabriela Bispo
Gabriel Cortês Lopes
Gabriel Cortês Lopes
Giulia Rosa
Giulia Rosa
Giuline Bastos
Giuline Bastos
Helena Gusmão
Helena Gusmão
Ingrid Esser
Ingrid Esser
Isabela Peccini
Isabela Peccini
jeff oliveira
jeff oliveira
Jéssica Delgado
Jéssica Delgado
Joana Nabuco
Joana Nabuco
Jóta Stilben
Jóta Stilben
Jônatas Rocha
Jônatas Rocha
Julia Favero
Julia Favero
Julia Pitaluga
Julia Pitaluga
Julia Karam
Julia Karam
Juliana Perez
Juliana Perez
Juliana Ludmer
Juliana Ludmer
Juliana Ricci
Juliana Ricci
Kamila Lima
Kamila Lima
Laila Hallack
Laila Hallack
Larissa Abbud
Larissa Abbud
Laura Borba
Laura Borba
Luciana Guilliod
Luciana Guilliod
Luti Guedes
Luti Guedes
Maria Theresa Cruz Lima
Maria Theresa Cruz Lima
Gabi Alkmim
Gabi Alkmim
Mariana Ferrari
Mariana Ferrari
Mariane Sanches
Mariane Sanches
Marília Cruz
Marília Cruz
Marina Estevão
Marina Estevão
Mary Olivetti
Mary Olivetti
Mateus Habib
Mateus Habib
Matheus Martins
Matheus Martins
Matheus Freitas
Matheus Freitas
Nathalia Oliveira
Nathalia Oliveira
Nicholas Freeman
Nicholas Freeman
Nuta Vasconcellos
Nuta Vasconcellos
Paula Bohm
Paula Bohm
Paula Freitas
Paula Freitas
Paula Rosa
Paula Rosa
Pedro Mib
Pedro Mib
Pedro Nascimento
Pedro Nascimento
Pedro Willmersdorf
Pedro Willmersdorf
Pedro Vianna
Pedro Vianna
Priscilla Brossi
Priscilla Brossi
Rachel Schramm
Rachel Schramm
Raíssa Ferreira
Raíssa Ferreira
Renan Berlitz
Renan Berlitz
Ricardo Mattos
Ricardo Mattos
Rick Yates
Rick Yates
Silva
Silva
Tamih Toschi
Tamih Toschi
Vanessa Verthein
Vanessa Verthein
Victor Takayama
Victor Takayama
Vitória Liao
Vitória Liao
Wendy Andrade
Wendy Andrade
William Anseloni
William Anseloni

TODO MUNDO NOO