Do Rio para o mundo, uma plataforma de opiniões, sempre em busca

Assassinados por um mantra

assassinados_por_mantra-interna

Foto por Gabriel Klein Fotografia

* Texto de José Mario Marques publicado no dia 29 de novembro de 2015

O fuzilamento de 5 jovens inocentes em Costa Barros, no último domingo, expõe a fragilidade de um mantra adotado no país, conforme pesquisa divulgada em outubro pelo Datafolha. O instituto revelou que mais de 50% dos brasileiros concordam com a afirmação “bandido bom é bandido morto“. O problema é que o bandido, quase sempre, é tão somente um suspeito — cuja eventual culpa não chegou (nem chegará) a ser julgada.

O principal indício de suspeição contra as vítimas assassinadas no Subúrbio do Rio foi simplesmente a cor da pele. Cinco jovens negros dentro de um carro — um deles com cabelos pintados de loiro — não poderiam estar fazendo boa coisa, conclui o policial que porta um fuzil. É ele, e não o magistrado que passou a vida nos bancos escolares, quem vai decidir. A pena vai da extorsão à morte.

No justiçamento das ruas, o policial está acima de qualquer deus. A lei pega um atalho nas mãos de quem, às vezes, mal tem o segundo grau. O negro é suspeito, o suspeito é bandido e o bandido deve ser morto. Quase sempre — ironia perversa — o policial que atira também é negro.

O crime contra os rapazes se torna aceitável diante de uma segurança pública que assume a guerra como política. É uma troca: cinco vidas pela possibilidade de abocanhar alguns quilos de droga. Neste caso, porém, ops, não havia nada que os incriminasse. E se houvesse, teria sido uma vitória? A cocaína não ficaria um centavo mais cara, o usuário viciado não deixaria de encontrá-la.

O mantra débil mental do extermínio de bandidos tem como autor o ex-deputado Sivuca, que integrou um grupo suspeito de caçar comunistas durante a ditadura militar. Sendo isto um crime, por que o próprio Sivuca não deveria se tornar vítima de sua lógica? Ele também é suspeito de irregularidades. Deveria morrer?

O mantra vem sendo repetido por seus sucessores, outros parlamentares conservadores quase todos investigados por corrupção. No Congresso, pregam o extermínio como solução para a segurança pública e esquecem de si.

São eles – e seus eleitores – coautores de crimes como o destes jovens. O mau policial aperta o gatilho endossado pela sociedade e pelos parlamentares que os representam. Se esta lógica fosse cumprida à risca é possível que este texto não fosse escrito. Ou que você nem tivesse começado a ler.

Subscribe
Alice Bento
Alice Bento
Ana Clara Abreu
Ana Clara Abreu
Ana Elisa Bekenn
Ana Elisa Bekenn
André Fran
André Fran
André Pereira
André Pereira
Ane Vaz
Ane Vaz
Antonio Autuori
Antonio Autuori
Arturo Edo
Arturo Edo
Beatriz Medeiros
Beatriz Medeiros
Betina Monte-Mór
Betina Monte-Mór
Betina Sanches
Betina Sanches
Brenno Quadros
Brenno Quadros
Bruna Lima
Bruna Lima
Carlos Machado
Carlos Machado
Christian Dechery
Christian Dechery
Clarice Rios
Clarice Rios
Clariza Rosa
Clariza Rosa
Cláudio Franco
Cláudio Franco
Constanza de Córdova
Constanza de Córdova
Dadi Carvalho
Dadi Carvalho
Denise Calasans Gama
Denise Calasans Gama
Diego Sousa
Diego Sousa
Eduarda Vieira
Eduarda Vieira
Emerson Cursino
Emerson Cursino
Érika Nunes
Érika Nunes
Ernesto di Gois
Ernesto di Gois
Evans Queiroz
Evans Queiroz
Fabiana Pinto
Fabiana Pinto
Fabrício Andrade
Fabrício Andrade
Fê Carvalho Leite
Fê Carvalho Leite
Fernanda Cintra
Fernanda Cintra
Fernanda Sigilão
Fernanda Sigilão
Fernando Ferreira
Fernando Ferreira
Gabi Monteiro
Gabi Monteiro
Gabriel Vasconcellos
Gabriel Vasconcellos
Gabriela Munhoz
Gabriela Munhoz
Gabriela Bispo
Gabriela Bispo
Gabriel Cortês Lopes
Gabriel Cortês Lopes
Giulia Rosa
Giulia Rosa
Giuline Bastos
Giuline Bastos
Helena Gusmão
Helena Gusmão
Ingrid Esser
Ingrid Esser
Isabela Peccini
Isabela Peccini
jeff oliveira
jeff oliveira
Jéssica Delgado
Jéssica Delgado
Joana Nabuco
Joana Nabuco
Jóta Stilben
Jóta Stilben
Jônatas Rocha
Jônatas Rocha
Julia Favero
Julia Favero
Julia Pitaluga
Julia Pitaluga
Julia Karam
Julia Karam
Juliana Perez
Juliana Perez
Juliana Ludmer
Juliana Ludmer
Juliana Ricci
Juliana Ricci
Kamila Lima
Kamila Lima
Laila Hallack
Laila Hallack
Larissa Abbud
Larissa Abbud
Laura Borba
Laura Borba
Luciana Guilliod
Luciana Guilliod
Luti Guedes
Luti Guedes
Maria Theresa Cruz Lima
Maria Theresa Cruz Lima
Gabi Alkmim
Gabi Alkmim
Mariana Ferrari
Mariana Ferrari
Mariane Sanches
Mariane Sanches
Marília Cruz
Marília Cruz
Marina Estevão
Marina Estevão
Mary Olivetti
Mary Olivetti
Mateus Habib
Mateus Habib
Matheus Martins
Matheus Martins
Matheus Freitas
Matheus Freitas
Nathalia Oliveira
Nathalia Oliveira
Nicholas Freeman
Nicholas Freeman
Nuta Vasconcellos
Nuta Vasconcellos
Paula Bohm
Paula Bohm
Paula Freitas
Paula Freitas
Paula Rosa
Paula Rosa
Pedro Mib
Pedro Mib
Pedro Nascimento
Pedro Nascimento
Pedro Willmersdorf
Pedro Willmersdorf
Pedro Vianna
Pedro Vianna
Priscilla Brossi
Priscilla Brossi
Rachel Schramm
Rachel Schramm
Raíssa Ferreira
Raíssa Ferreira
Renan Berlitz
Renan Berlitz
Ricardo Mattos
Ricardo Mattos
Rick Yates
Rick Yates
Silva
Silva
Tamih Toschi
Tamih Toschi
Vanessa Verthein
Vanessa Verthein
Victor Takayama
Victor Takayama
Vitória Liao
Vitória Liao
Wendy Andrade
Wendy Andrade
William Anseloni
William Anseloni

TODO MUNDO NOO